Lua Azul ocorrerá na véspera de Ano-Novo aproveite essa noite muuuito MÁGICA

A véspera do Ano-Novo, 31 de dezembro de 2009, reserva grandes e belas surpresas. Nessa noite, ocorrerá um fenômeno chamado de Lua Azul. Segundo definição popular, uma Lua Azul é a segunda Lua Cheia em um mesmo mês. A frequência de acontecimento é de 1 vez a cada 2 ou 3 anos. As informações são do The Huffington Post.
No entanto, de acordo com os cientistas, o nome não está relacionado com a cor do corpo celeste. A Lua Cheia ocorreu em 2 de dezembro e aparecerá novamente a tempo de contagem regressiva do Ano-Novo, na quinta-feira.
O fenômeno será visível nos Estados Unidos, Canadá, Europa, América do Sul e África. O hemisfério oriental poderá comemorar a virada do ano com um eclipse lunar parcial. O eclipse não será visível nas Américas.
O fenômeno é raro e não acontece todos os anos. A última vez ocorreu dia 31 de maio de 2007. Luas New Year's Eve azuis são ainda mais raras, ocorrendo a cada 19 anos. A última vez foi em 1990, o próximo será em 2028. O fato ocorre devido ao ciclo lunar de 29.5 dias, o que torna perfeitamente possível que em um mesmo mês sua fase se apresente cheia por duas vezes.
copiado de http://noticias.terra.com.br/ciencia

Na Mitologia Celta, esta Lua favorece o contato com o Reino Encantado dos seres da natureza. Invocam-se as Rainhas das Fadas – Aeval, Aine, Aynia, Bri, Creide, Mah e Sin – e empreendem-se viagens reais ou imaginárias para as “Sidhe”, as colinas encantadas, morada do “Little People”, o Povo Pequeno.
Para agradar as Fadas, os Celtas cultivavam perto de suas casas suas plantas preferidas – calêndulas, verbenas, violetas, prímulas, e tomilho – e deixavam oferendas de mel, leite, manteiga, pão, e cristais nas clareiras onde os círculos de cogumelos denotavam sua presença. Para favorecer a “visão”, abrindo a percepção psíquica, usava-se Artemísia, em chá ou em infusões para banhos, suco de samambaias ou orvalho passado nas pálpebras, saches de mil folhas e hipericum, invocações mágicas adequadas.
Ao lado está a foto do Bolo Azul que ofereci ao povo encantado neste dia.

A Lua Azul é regida pela Matriarca da 13 Lunação.
Ela é “aquela que se torna a visão”, a guardiã de todos os ciclos de transformação, a mãe das mudanças.
Esta Matriarca nos ensina a importância de seguir nosso caminho sem nos deixar desviar por ilusões que possam vir a interferir em nossas visões.
Cada vez que nos transformamos, realizando nossas visões, uma nova pespectiva e compreensão se abre, permitindo-nos alcançar outro nível na eterna espiral da evolução do espírito.
A última visão a ser alcançada é a decisão de simplesmente SER.
Sendo tudo e sendo nada, eliminamos os rótulos e definições que limitam nossa plenitude.
Para criar uma atmosfera adequada a uma celebração da Lua Azul, use velas e roupas azuis. Prepare água lunarizada expondo garrafas de vidro azul, cheias de água, aos raios lunares. Prepare “travesseiros dos sonhos” enchendo uma fronha de tecido azul com flores de sabugueiro, lavanda ou alfazema, hipericão, folhas de artemísia e sálvia.
Imante cristais e pedras azuis como o topázio azul, a safira, o berilo, a água-marinha, o lápiz-lazuli ou a sodalita.
Usando músicas com sons da natureza, como pios de corujas, cantos de baleias ou uivos de lobos, permita que sua criatividade e intuição levem-no/a ao Reino das Fadas ou ao encontro das Deusas Lunares.
Olhe fixamente para a Lua, eleve seus braços e “puxe” a luz da Lua para sua testa, seu coração e seu ventre.
Conecte-se, em seguida, à Matriarca, pedindo-lhe orientação sobre as mudanças necessárias para alcançar uma real transformação.
Permaneça, depois, em silêncio e ouça as mensagens e respostas ecoando em sua mente ou alegrando seu coração.”

devemos aproveitar esta segunda visita da Deusa -na qual a Sua Presença e a Sua Força estão super-dimensionadas- para executar algum tipo de celebração dirigida a beneficiar a Humanidade de alguma forma, aproveitando a quantidade de energia acumulada e os festejos de agradecimento à Deusa.
Nesta celebração use uma roupa cômoda, procure o contato com a terra, e se puder esteja de pés descalços e ao ar livre, se isso não for possível aproxime-se de alguma janela de forma a receber os raios da Lua, ou faça uma caminhada ao ar livre e depois volte para celebrar em sua casa.

Pequeno rito para celebrar a Lua Azul na virada do ano:

Este ano é muito especial, já que a Lua Azul se faz exatamente o 31 de Dezembro as 16:13h , dia em que encerramos um ciclo e damos as boas vindas ao próximo que se inicia, mas muitos, pelo fato de despedir o ano junto da família não poderão celebrar este Esbtah.
Por esse motivo eu sugeri a minha família mais chegada fazermos algo que possamos compartilhar com o resto dos convidados, e despedir o ano de uma forma especial ao mesmo tempo que reverenciamos a Deusa no Esbtah da Lua Azul, porém sem ferir os sentimentos dos que tem outras crenças.
Então vamos lá:
- Vamos fazer duas listas, uma para queimar no Ano Velho e a outra no Ano Novo.
- Faremos as listas em papel comum e na do Ano Velho escrevemos tudo aquilo do queremos nos livrar, maus hábitos, situações ruins, desemprego, doenças, solidão, etc., para que não voltem a acontecer e para que fiquem desterradas de nossa vida para sempre.
- Na segunda lista, colocamos o que realmente desejamos para 2010, realizações pessoais, familiares e amorosas, emprego, amizade, saúde, felicidade, prosperidade, o melhor para a humanidade e o Planeta como um todo, etc.
- Na lista do Ano Velho cada pessoa faz seus pedidos ao Ser ou Seres Espirituais nos quais acredita, ou diretamente à Deusa; esta lista se queima uns minutos antes da virada do ano, pedindo que com o final do ano se extingam esses assuntos de nossas vidas.
- Usamos o mesmo recipiente onde queimamos a 1º lista para queimar a segunda, a do Ano Novo, porém no momento seguinte a entrada de 2010… desejando que com o Ano Novo e com a energia que se eleva nesse momento, também se elevem, se desenvolvam e se cumpram nossos objetivos.
- Por tudo isto sejam sábios no momento de escrever e tenham cuidado com o que pedem pois, como diz Richard Bach em seu Livro “Ilusões”:

“Cuidado com o que pedes em tuas preces, porque…fatalmente serás atendido!
Esbath de Lua Azul
A Lua Azul estará no signo de Câncer, e além disso teremos eclipse lunar total as 16:24 horas, o que significa que haverá uma forte energia magica no ar, pois o eclipse é um momento de transição do claro para o escuro, e o Reveillon - a mudança de um ano para outro- o final de um ciclo e inicio de outro.
Este momento de transição na Grande Mãe terá um enorme potencial magico e para poder ser aproveitado precisamos estar em sintonia com o que desejamos; sendo assim os que forem realizar um ritual importante deverão criar um círculo mágico de proteção, pois um grande portal se abrirá neste dia.
Sabendo trabalhar este eclipse com responsabilidade e consciência, abriremos mão do obsoleto em nossas vidas para receber o novo, as boas coisas que pedirmos á Deusa.
As 17:24 horas do 31 de Dezembro ocorrerá o eclipse; teremos tempo antes da virada do Ano de fazer uma meditação para depois escrever com responsabilidade em nossas listas o que mais desejamos, nos preparando assim para um novo ciclo, um novo ano.
Sendo que Capricórnio é o oposto de Câncer, estes dois signos e seus domicílios são de real importância no ano que vem e estarão em evidencia nos próximos 365 dias; devemos prestar atenção especial então aos assuntos relacionados com eles e incluir em nosso ritual de fim de ano pedidos que os harmonizem entre si e suas influencias sobre nós.
Cada um deve fazer a parte que lhe cabe para que isto aconteça de forma positiva, sendo que um ritual bem planejado e bem executado feito depois do eclipse ajudará e muito neste objetivo.
Ritual
Se você desejar criar uma atmosfera adequada à celebração deste Esbath da Lua Azul, seria excelente se puder usar roupas e velas de cor azul, e se preparar água com a energia da Lua, expondo-a ao Luar em garrafas de vidro de cor azul, para ser consumida durante as celebrações.
Também pode criar travesseiros e/ou almofadas com tecido azul, ou misturado com prata ou branco, e colocando de recheio flores de lavanda, alfazema, artemísia, sálvia; tudo junto ou somente uma ou algumas destas ervas e flores.
Espalhe as almofadas pela casa, ou pelos quartos, ou onde estarão reunidos nesta noite especial; cristais e pedras azuis serão uma ótima escolha na decoração, assim como música que nos lembre a Mãe Natureza e seus animais, ou partes Dela.
Por último não podemos esquecer de que nesta mágica Lua, é um momento único para se fazer contato com o “Povo Pequeno” ou ” Povo da Fadas”.

Lhes desejo a todos um Feliz Esbath de Lua Azul!
Um bom final de ciclo e um maravilhoso recomeço!

copiado do site: www.:magiabruxa.com

abaixo foto do meu ritual seguindo as orientações do vídeo de Daniel Atalla





video

Nenhum comentário:

Postar um comentário