Sou uma bruxa porque...

Sempre que abro os olhos ao despertar,
me emociono por mais um dia para viver,
livre e comprometida com as coisas e as causas da Grande Mãe.

Neste momento procuro refletir a respeito
dos tantos dias que nos foram tirados,
por inveja, injúria e cobiça
e peço luzes e força a Deusa Mãe
para o dia de hoje.

Sou uma bruxa porque
ao abrir as janelas e respirar o ar da manhã,
agradeço a Deusa pelo dom da vida,
e celebro o pai ar pela sua presença em mim.

Sou uma bruxa porque
ao me alimentar,
celebro aquele bendito alimento
e bendigo todos aqueles que contribuíram
com seu trabalho para que o mesmo chegasse a minha mesa.

Sou uma bruxa porque
sempre de alguma forma renasce o amor em mim,
e minha alma agradecida transmite luz.

Sou uma bruxa porque
sempre me envolvo e me comprometo
a serviço da justiça e da paz no mundo.

Sou uma bruxa porque
estou sempre insistindo em abrir as portas do meu coração
para transmitir os ensinamentos dos antigos
e facilitar o despertar da grande arte
nos corações dos que me cercam.

Sou uma bruxa porque
busco a verdade sem jamais me conformar
com a mentira e o subterfúgio.

Sou uma bruxa
sempre que renuncio ao egoísmo e procuro ser generosa.

Sou uma bruxa
quando sorrio para alguém,
mesmo estando muito cansada,
pois conheço o valor do sorriso.

Sou uma bruxa
quando preparo um chá que vai curar,
ou pelo menos amenizar a enxaqueca daquela vizinha chata.

Sou uma bruxa
quando tomo um animal em meu colo
para lhe amenizar a dor.

Quando planto e colho uma erva
e agradeço a Gaia por tamanha dádiva.

Sou uma bruxa
quando persigo a luz de uma estrela com o olhar
e o coração nas trevas que nos circundam.

Quando levo a fé nos Deuses por entre linhas,
apenas com minhas ações.

Sou uma bruxa
quando enrijeço, quando sinto o rio do sangue da vida
que escoa nas minhas entranhas.

Quando
sou fogo que estimula o coito,
e água que transforma e modifica cursos.

Sou uma bruxa porque
me aconchego no seio sagrado da terra,
voltando ao colo sagrado.

Quando abro o circulo
invocando os ventos do norte,
buscando no canal dos antigos
o néctar do renascer.

Descobrindo-se Bruxa

A manifestação da Deusa... envolve a criação de um novo espaço, no qual as mulheres são livres para serem o que são...

Seu centro é o limite das instituições patriarcais... seu centro é a vida das mulheres que começam a se libertar rumo à totalidade.

O ingresso em um novo espaço... também envolve entrar em um novo tempo... o centro do novo tempo está no limite do tempo patriarcal... é a nossa vida.

É qualquer momento que estejamos vivendo fora de nossa sensação de realidade, recusando-nos a sermos possuídas, dominadas e alienadas pelo sistema patriarcal de tempo linear, delimitado e quantitativo."

Mary Daly

Uma Bruxa não se torna Bruxa de uma hora para outra, ela nasce Bruxa.

Assim, partindo deste princípio de que somos Bruxas desde que nascemos, com o passar dos anos e o desenvolvimento de nossa capacidade intelectual e emocional é comum se iniciar as experiências mágicas ou seja, o recebimento de conhecimentos não acessíveis às outras pessoas através dos canais normais de informação.

Infelizmente estes conhecimentos por muitas vezes confundem e excitam as crianças e adolescentes, pois na maioria das vezes quando somos crianças ouvimos dos nossos pais e professores, a reprovação da magia.

Com o nosso desejo de agradá-los aceitamos sua visão de mundo, segundo os quais os poderes mágicos são errados, perigosos ou simplesmente inexistentes.
Geralmente as experiências mágicas na infância e adolescência se dividem em quatro categorias: cura de outras pessoas com ervas; fórmulas mágicas e toques; estados alterados de consciência e comunicação com espíritos.
Porém algumas crianças são afortunadas e nasceram em famílias onde as aptidões psíquicas são entendidas, aceitas ou até encorajadas.

Quando têm experiências "estranhas", seus pais tranqüilizam-nas, assegurando-lhes que nada há de errado nelas, estas crianças aprendem a esperar tranqüilamente o inesperado e a não limitar seus conhecimentos ao que lhes é passado através dos cinco sentidos.


Assim, desde a nossa infância muitos talentos considerados diferentes, se perdem com o passar dos anos. Muitas crianças conseguiram reter em suas vidas estas experiências e de uma forma ou de outra as desenvolveram ainda mais com o passar dos anos; enquanto que outras crianças as perderam...

Muitas Bruxas modernas remontam seus primeiros encontros com a magia, quando sua inocência e capacidade de maravilhar-se eram comparáveis às dos nossos mais primitivos ancestrais.

De fato, mesmo quando reconhecida mais tarde, a magia, enche-nos de uma sensação de temor e espanto quando irrompe em nossas vidas.

Porém nós Bruxas nunca nos esquecemos da verdade básica acerca da criação: a Terra e todas as coisas vivas compartilham da mesma força vital, tudo é composto de Inteligência Divina.

Sabemos que a vida é toda ela uma teia de seres interligados, e estamos entrelaçados nela como irmãs e irmãos do Todo.

Se fizermos um exercício de memória, e tentarmos nos lembrar da nossa infância com mais detalhes, com certeza virá a nossa mente alguma experiência mágica.

Por exemplo: Provavelmente lembraremos de um incidente em que soubemos alguma coisa que os outros ignoravam.
Uma ocasião em que o conhecimento veio espontaneamente e intuitivamente.
Talvez tenha lido o pensamento de alguém.
Sabido o que tinha no interior de um presente.
Desejado algo inverossímil que logo se concretizou.
Pode ter sentido um forte parentesco com a natureza.
Um vínculo forte com animais e plantas.
Pode ter visto espíritos, fadas ou gnomos, ou pode até mesmo tê-los escutado durante a noite.
Pode ter sentido um certo poder que lhe chega dos astros.
Sonhos Mágicos, nos quais poderiam estar presentes, gnomos fadas, Deus,etc.
Estas são apenas algumas descrições, dentre muitas outras que podem ter acontecido.
Sabem... essa é uma das perguntas que mais ouço:

"Como poderei me tornar Bruxa?",

"Como poderei saber se eu tenho o dom?".
A reposta é um tanto difícil...

Não que seja algo complicado, mas ás vezes a maneira de responder pode se tornar um tanto antipática e desanimadora aos que estão começando.

Então tentarei ser bem sutil, certo?
Quando nós começamos a nos interessar mais pela Wicca, normalmente é porque trazemos dentro de nós o dom; que até aquele determinado momento estava dormindo e que a partir de então começou a ser despertado.
Partiremos do antigo ditado: " O que é, já nasce feito".

A maioria das pessoas descobre a Arte (ou esta as descobre) no momento de suas vidas em que mais necessitam dela.

Outras sentem-se convocadas, como se durante muito tempo respondessem a um chamamento.

Sentem-se conduzidas, algum poder ou força maior do que elas, penetra em suas vidas e lhes abre inúmeras janelas.

Uma voz chama; elas sentem-se desafiadas a descobrir estados superiores de consciência, os quais estão acima e são mais profundos do que as normas sociais e culturais em que foram criadas e cresceram.

Isso a muitas, não é perceptível de início, pois passou anos e anos sendo inconscientemente reprimido.
Agora, se você acha que a Bruxaria combina com sua maneira de ser, se quer realmente seguir em frente, então estude muito e pratique bastante.


A verdade é: Você nunca irá "se tornar" Bruxa.

Isso não é possível.

Você irá apenas aprender a trabalhar seu dom.

Irá também aprender a vivenciar sua condição de Bruxa!
Existe um outro ditado entre nós que diz: "Uma vez Bruxa, sempre Bruxa".

Então não se preocupe!

Se você realmente tiver o dom, ele irá crescer sem que se perceba, e quando finalmente notar terá a certeza: Sou uma escolhida da Deusa!
Você é uma Bruxa desde o nascimento, mesmo não sabendo disto!

Até que um dia, a Deusa sussurra nos seus ouvidos algumas lembranças perdidas no tempo, algumas vontades e conhecimentos esqueci

dos e assim lhe convida novamente a participar da "Dança Cósmica das Bruxas".
Vou tentar explicar melhor: O Homem, é um ser complexo e dinâmico.

Existe e atua como uma unidade em todas as suas dimensões, pessoal, social, cósmica e transcendental, e em todas as áreas, psíquica, física e psicofísica.
Na Dimensão Pessoal ele descobre a sua individualidade exclusiva, suas potencialidades em meio a muitos outros e variados seres, e se conhece como uma personalidade marcada por fatores genéticos, familiares, educacionais, culturais , sociais e religiosos, situado numa circunstância espaço-tempo que não mais se repetirá.
Na Dimensão Social, o ser humano descobre a sua inserção num contexto, em presença de outras individualidades ou personalidades, é um estímulo para o desenvolvimento de relacionamentos enriquecedores.
Na Dimensão Cósmica, a sua existência neste tempo e espaço é um Convite da Deusa a agir de acordo com suas idéias e a deixar o seu sinal pessoal como marca de sua passagem.

Depois de aceito este convite, em uma determinada etapa de sua evolução o Homem se abre ainda para uma realidade que transcende sua dimensão pessoal, social e cósmica, e que o encantará...

É a transcendental.

Este Homem dimensional atua em várias áreas, psíquica, física e psicofísica, recorrendo a faculdades normais, extranormais e paranormais.

Fazendo, com que o Homem seja capaz de agir sobre o mundo exterior tanto através de sua força muscular como de outras forças que aprendera a manipulá-las com o passar do tempo.
Porém, devemos lembrar que a Deusa continuamente nos propõe desafios, mas sabendo que ela está dentro de nós, assim como ao nosso redor, encontramos força para enfrentá-los transformando o medo em poder interior, criando comunidades nas quais podemos crescer, lutar e mudar, chorar as nossas perdas e celebrar os nossos progressos, gerar os atos de amor e prazer que são os nossos rituais.

Quando estes desafios acontecem não devemos achar que a Deusa se encontra adormecida e sim presente e renascendo, estendendo suas mãos para tocar-nos novamente.

Quando a buscamos, esta se revela a nós, nas pedras e no solo sob os nossos pés, nas cachoeiras espumantes e nas lagoas cristalinas, nas lágrimas e no riso, no êxtase da alegria e na tristeza, na coragem e na batalha comum, no vento e no fogo.

Uma vez que nos permitimos mirar nos seus olhos abertos, não mais podemos perdê-la de vista.

Ela nos fita no espelho e os seus passos ecoam cada vez que colocamos os nossos pés no chão.

Tente fugir e ela lhe trará de volta.

Você não pode ludibriá-la.

Ela está em toda parte.
Portanto, não é por acaso que neste momento da história ela ressurge e nos estende as mãos.

Por maiores que sejam os poderes da destruição, maiores, ainda, serão os poderes curativos da Deusa. Chame-a de Fortitude, pois ela é o círculo de nascimento, crescimento, morte e regeneração.

Nós somos como células de seu corpo, se atendermos ao que há de mais íntimo em nossos corações, não só poderemos ajudar como servir aos ciclos de renovação.

Se deixarmos, nossos sonhos e visões guiar-nos com certeza encontremos forças para concretizá-los.
Quando a Deusa-Mãe desperta, podemos começar a recuperar o nosso direito inato e original, onde a alegria por estarmos vivos é simplesmente intoxicante.

Podemos abrir nossos olhos e ver que não "há de que sermos salvos", nenhuma batalha de vida contra o universo, nenhum deus fora do mundo a ser temido e obedecido; somente a Deusa, a Mãe, a espiral em movimento que nos lança para dentro e para fora da existência, cujo olhar cintilante é o pulsar do ser

( nascimento, morte e renascimento); cujo riso borbulha e atravessa todas as coisas e que somente é encontrada através do amor: amor pelas árvores , pedras, céu e nuvens, flores perfumadas e ondas imensas; por tudo que corre e voa , nada e rasteja em sua face; através do amor por nós mesmos; do amor orgástico de criação do mundo e dissolução da vida pelo outro; cada um de nós único e natural como um floco de neve, cada um de nós a sua própria estrela, seu filho, seu amante, ela mesma...
É muito comum as pessoas sentirem a necessidade de dar uma virada nas suas vidas, elas sentem que algo as impulsiona para frente e para o alto, porém ao mesmo tempo se sentem confusas por onde começar o seu caminho de busca.

Sentem que algo não está bem, e no seu íntimo sabem que precisam mudar algo em suas vidas.

Porém a maioria das pessoas não descobre por si mesmas, o destino traçado de suas próprias vidas, procurando assim na maioria das vezes "sábios" ou "gurus".

Delegando assim a outras pessoas a responsabilidade de melhorar as suas próprias vidas.
Na verdade, todas as respostas de que necessitamos está dentro de nós mesmos, nisso consiste a busca.

A busca é a senda da evolução, e é infinita, cada etapa concluída transforma-se na abertura de um novo ciclo.

A busca é a ascensão consciente dessa senda pelo homem.

É o fruto da constante pressão para evoluir, originada no âmago do seu ser.

É eterna, pois a cada patamar abdica-se do grau de unificação alcançado para seguir rumo a novas ampliações.

No decorrer da busca, o desenvolvimento da consciência vai sendo confirmado e aprofundado nas provas da vida diária.

Se ocorrem quedas ou desvios, o indivíduo deve encontrar em seu interior o impulso que o erguerá e o reconduzirá.
A busca é uma espécie de sintonia, por isso devemos sintonizar a nossa alma com o Universo e com certeza, este mesmo nos mostrará o nosso verdadeiro caminho a seguir!

A busca é expressão da lei do retorno, que leva todos os seres de volta à origem.

Talvez nesta busca, vocês ouçam os chamados dos Deuses, e percebam que a Bruxaria é o sentido que faltava para vossas vidas.

Porém para outras pessoas, talvez essa não seja a realidade e aí, outros horizontes tão maravilhosos quanto à Bruxaria com certeza se abrirão.
Assim a certa altura da trajetória, busca e buscador fundem-se em uma realidade maior e, então, a busca deixa de existir assim como é compreendida em suas etapas iniciais; permanece um movimento ascensional, unificado, da consciência individual e do cosmos.

Encantamento de Sintonia com a Deusa


Grande Mãe! É teu nome que invoco!
E pelo poder dos quatro elementos, água, fogo, terra e ar,
pela quintessência e pelo Consorte,
peço a graça de:
ser teu reflexo entre os homens e mulheres da Terra.
Que eu veja o mundo com seus olhos.
Que eu tenhar a iniciativa para guiar meu caminho pela estrada mais correta.
Conquistar sua proteção.
Fazer o que quiser, sem prejudicar ninguém.
Ter clareza para discernir a luz da treva.
Alcançar com êxito meus desígnios.
Preservar meus amigos.
Respeitar todo ser vivo na face da Terra e fora dela.
Levar o amor dentro e fora de mim.
Ter o amor mágico em meu corpo, alma e espírito.
Ser a virgem, a amante, a mãe, a sábia, ter mil nomes.
Expandir idéias e sentimentos em todos os corações.
Ter estabilidade em todos os níveis.
Lidar adequadamente com mudanças inesperadas.
Conquistar abundância e prosperidade em todos os níveis.
Ter em mim o poder da transmutação.
E também o encanto da sedução e da paixão.
Que eu possa sempre atravessar as brumas,
as fronteiras do tempo e do espaço
e que se revele o que me é permitido.
Pela Deusa eu caminho.
E nas mãos Dela entrego minha vida.
MEU CORPO É A DEUSA.
MINHA MENTE É A DEUSA.
MINHA ALMA É A DEUSA.
E ASSIM É.


Primeiro veja a animação. Depois leia o texto.

video

O Tempo

Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de
morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Há tempo de adoecer, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Há tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Há tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar;
Há tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de jogar fora;
Há tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Há tempo de amar, e tempo
de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

(Eclesiastes 3:1-8)

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem".

dia 25 de Outubro - Dia do Orgulho Pagão em São Paulo!!

Para mim foi um maravilhoso entardecer...
Celebramos Beltane de uma forma intensa e amorosa.
A coordenação do evento foi de Claudiney Prieto (que até então, eu só conhecia pelos livros...), que recepcionou a todos com um sorriso encantador e uma simplicidade exemplar.
Quero deixar registrado aqui meu agradecimento, primeiro a Deusa, por poder ter vivenciado tantos momentos lindos...
Claudiney e equipe, obrigada pela benção de vocês existirem.
Sempre estarão na minha lembrança e no meu coração!!!

24 de Outubro - Agradecendo...


Hoje fui no lançamento do livro de Ana Maria Braga - 10 anos de Mais Você - e consegui lhe agradecer pessoalmente pela oportunidade de semanalmente estar colaborando em seu site oficial na coluna Zen, falando sobre Magia:
http://anamariabraga.globo.com/home/canais/canais-zen.php

Deixo aqui, novamente, o meu MUITO OBRIGADA à Ana Maria e equipe.

Principalmente a Cínthia e a Thaís.

Que a Deusa continue a iluminar os seus caminhos...

Aos Leitores: Promoção Brands Club e Ajuda ao IBCC

Hoje recebi um e-mail de Rodrigo Martucci - Brandsclub - www.brandsclub.com.br com a seguinte oferta para mim e OS LEITORES DO MUNDOS DA MI dizendo:

" Estou autorizado a oferecer a você e aos leitores de Mundos Da Mi acesso livre com R$10 de crédito para aproveitar qualquer promoção do BrandsClub."














O BrandsClub também está patrocinando um evento solidário offline no dia 29 de outubro, em benefício do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC).
Todo associado poderá participar!!!

Dia das Crianças -12 de Outubro - Salve Criançada!!

Como hoje também se comemora o dia das crianças, posto aqui um pouco sobre a criançada!!

O termo sagrado YORI foi um dos raros termos sagrados que se manteve sem nenhuma alteração.
O que aconteceu é que esse termo foi completamente esquecido e postergado. Mesmo os vários povos que foram conhecedores da PROTO-SÍNTESE RELIGIO-CIENTÍFICA, dentre eles os africanos, não guardaram o termo YORI, o qual representa uma POTESTADE CÓSMICA ou ORIXÁ ANCESTRAL.
Esse termo sagrado, assim como YORIMÁ, era de pleno conhecimento da pura Raça Vermelha, só se apagando do mental do Ser humano após a catástrofe da Atlântida.
Ele ressurgiu através do Movimento Umbandista, em sua mais alta pureza e expressão. Traduzindo-o segundo a "Coroa da Palavra", através do alfabeto DÂMICO, teríamos:

YORI -------------------------- > A POTÊNCIA EM AÇÃO PELO VERBO
------------------------------ > A POTÊNCIA ESPLENDOROSA
------------------------------ > O PURO
------------------------------ > O REINADO DA PUREZA
------------------------------ > A POTÊNCIA DOS PUROS

Traduzindo silabicamente, ou por fonemas, teremos:

YO ou Y ------------------- > A POTÊNCIA DIVINA MANIFESTANDO-SE; PRINCÍPIO
R I ----------------------- > SER REI; REINAR; ILUMINADO
ORI ---------------------- > LUZ; ESPLENDOR; PODEROSO

Y O R I, portanto traduz: A POTÊNCIA DIVINA MANIFESTANDO-SE; A POTÊNCIA DOS PUROS.

A maioria das Entidades que se apresentam na Umbanda usando a roupagem fluídica de CRIANÇAS são Seres Espirituais MESTRES nos conceitos do BEM e do PURO, oriundos de distantes Pátrias Siderais, embora alguns tenham encarnado no início dos tempos no Planeta Terra, no seio da poderosíssima Raça Vermelha.
Quando dissemos alguns, é porque os outros ficaram no plano astral relativo ao Planeta Terra, orientando por cima aqueles que tinham descido através do encame.
Muitos deles se foram para suas Pátrias originais ou evoluem em páramos cósmicos inacessíveis à própria imaginação terrena.
Em verdade, esses Espíritos muito contribuem através de sua "PUREZA ESPIRITUAL" para a elevação moral do terráqueo, e na Umbanda ensinam aos Filhos de Fé que a. única forma de se levar vantagem é sendo PURO, como é a CRIANÇA.
São Seres em que "de há muito morreram os processos da ilusão", estando como CRIANÇAS em outros mundos, isto é, saíram do estágio de nossa galáxia, nascendo em outra, sendo por isso que se apresentam como SABIAS CRIANÇAS.
São verdadeiros MAGOS DA PUREZA, conquistada nos milhares de anos em vários lócus do Universo.
Assim, Filho de Fé, procure um médium de verdade, que esteja mediunizado com uma "CRIANÇA", e entenderá, embora de forma pura e singela, as profundas e sábias mensagens desses verdadeiros SÁBIOS - SENHORES DA PUREZA CÓSMICA.
Assim, vimos que em caráter hierático cósmico Yori lembra-nos o INICIADO no mundo das formas, aquele que sobrepujou a ilusão, nascendo e voltando-se para a PUREZA ESPIRITUAL VIRGINAL.
Ensina-nos o caminho a percorrer, refletindo toda a LUZ-EVOLUÇÃO em forma de PUREZA, que sem dúvida trará a tão buscada PAZ INTERIOR.
É também aquele que se conheceu, vencendo-se e nascendo para a coletividade, hoje, do Movimento Umbandista.
Em se tratando da Magia Etéro-Fisica, atua como SENHOR PRIMAZ DOS ENTRECRUZAMENTOS ENERGÉTICOS (ÁGUA, FOGO, TERRA e AR ) ou ENERGIAS ETÉRICAS.
Suas energias são as de SÍNTESE, neutralizando assim qualquer energia deletéria, seja ela qual for.
Assim, o velho aforismo de terreiro, é válido, quando se diz:

- "O que os Filhos das Trevas fazem qualquer CRIANÇA faz (no sentido do bem é claro) ninguém desfaz ou interfere.
São, pois, portentosos MAGOS, que manipulam com sabedoria as forças mais sutis da Natureza, sempre visando neutralizar os efeitos deletérios causados pelos Magos-Negros.
Essas Entidades Espirituais infelizmente são pouco conhecidas pela maior Parte dos Filhos de Fé, que só querem vê-Ias corno crianças peraltas ou insubmissas....
Esperemos; logo após a noite, virá o dia, com, certeza.
Aguardemos o clarear dos entendimentos, mas trabalhemos enquanto esperarmos.
Não obstante não serem evocados e nem suas energias serem usadas pelos melhores Filhos de Fé, o trabalho dessas Entidades é incansável, tendo energias inesgotáveis como uma criança e sabedoria como um ancião, atuando por cima no Astral Superior, descendo vez por outra, quando encontram ressonância vibratória arnbiental ou mediúnica .

Assim atua na atualidade a possante "Correntes das Crianças"....

OS 7 ORIXÁS MENORES - OS GUIAS - OS PROTETORES Os 7 ORIXÁS MENORES são os que representam, aqui no Planeta Terra, em seu plano físico e astral . o ORIXÁ ANCESTRAL .

OS 7 ORIXÁS MENORES da Vibração de Yori são:
1. TUPANZINHO
2. YARIRI
3. ORI
4. YARI
5. DAMIÃO
6. DOUM
7. COSME


CRIANÇA:

Objetiva transmitir a felicidade incondicional.
Disse Jesus:
- “vinde a mim as criancinhas”,
- “ninguém entrará no reino dos céus se não for como criança”.

Ou seja, só se entra no reino dos céus ou se livra das encarnações no mundo de provas e expiações quem aprende a ser feliz incondicionalmente.
Quem passa pelas vicissitudes da vida humanizada feliz, ou seja, não vive as angústias e as dores do seu personagem, está pronto para habitar os mundos regenerados.
É por isso que mesmo o espírito que se manifesta como uma Criança no trabalho mediúnico estimula alegria no consulente.
Poucos são os consulentes que acreditam na Magia desses “pequeninos”.
São Espíritos de grande Luz, Amor, Humildade, atente como estes brincam de trabalhar, pois toda a alegria e diversão são transformadas em fluidos que alegram nossos espíritos ignorantes.

IBEJI

Representa as crianças, que vivem, nas cachoeiras, nos campos à brincar.
As crianças riscam seus símbolos, em conjunto ou isolados, que são o Sol e a Lua.
A linha de Ibeji é tão independente quanto a linha de Exu.
O elemento e força da natureza correspondente à Ibeji, são todos, pois ele poderá, de acordo com a necessidade, utilizar qualquer dos elementos.
Dia da semana: domingo
Chacra atuante: cervical
Planeta regente: Mercúrio
Nota musical: Sol.
Cor vibratória: vermelho.
Cor representativa: rosa e azul escuro (roupas, etc.)
Cor da guia (colar): contas rosas e brancas, azuis e brancas, ou ainda, rosas, brancas e azuis em conjunto
Saudação : Ori Beijada
Negativo: Exu Tiriri.
Amalá: doce de qualquer qualidade
Otí: guaraná, soda, água c/ açúcar ou refrescos
Comando da falange: Doum.
Local de entregas: jardins floridos ou beira de praia

As Crianças - Erês

Estas entidades representam a alegria, a sinceridade, a inocência, tudo que é puro.
Representam as crianças, são alegres, travessos, manhosos, cheios de dengo e manias.
São a síntese da pureza.
Geralmente são muito ligados a linha das almas (pretos e pretas velhas), sempre pedindo suas bênçãos e se referindo a eles como vô e vó.
São apegados aos seus apetrechos.
Cada um deles tem uma mania: chupetas, bonecas, carrinhos, bonés, marias-chiquinhas, travesseiros, talco, etc.
Sempre quando estão em terra esperam muitos agrados, adoram doces, guloseimas, balas, pirulitos e adoram um grande bolo todo confeitado e um "Parabéns a você" para eles cantarem e apagarem as velinhas.
São muito sensíveis, então, por esse motivo nunca devemos deixá-los vir sem uma festinha.
Eles esperam por isso.
São entidade de grande sabedoria, que entre brincadeiras soltam as "verdades" que muitas vezes precisamos ouvir.
Para agradá-los sirva uma boa porção de doces regados a bastante mel, num parque ou num jardim bem florido.
Com certeza eles virão para ouvir seus pedidos.

Erés... Salve as crianças (Eré, Igbeji, Cosme e Damião, Crispim e Crispiniano).

Na África, as crianças representam a certeza da continuidade, por isso os pais consideram seus filhos sua maior riqueza.
Preocupar-se com o sustento das crianças é freqüente entre os povos negros, haja a vista a miséria das cidades africanas e a situação do negro na escravidão e na diáspora.
A palavra Igbeji que dizer gêmeos e o orixá Igbeji é o único permanentemente duplo.
Forma-se a partir de duas entidades distintas que coexistem, respeitando o princípio básico da dualidade.
Os Igbejis são filhos paridos por Iansã, mas abandonados por ela, que os jogou nas águas.
Foram abraçados e criados por Oxum como se fossem seus próprios filhos.
Doravante, os Igbejis passam a ser saudados em rituais específicos de Oxum e, nos grandes sacrifícios dedicados à deusa, também recebem oferendas.
Entre os deuses africanos, Igbeji é o que indica a contradição, os opostos que caminham juntos a dualidade de todo o ser humano, Igbeji mostra que todas as coisas, em todas as circunstâncias, tem os dois lados.


Dia 27/09 , Festa de Criança São Cosme e Damião, os santos gêmeos, nasceram na Arábia, no século III, filhos de uma família nobre.
Estudaram medicina na Síria e depois foram praticá-la em Egéia.
Circunstancialmente entraram em contato com o Cristianismo, tornando-se fervorosos seguidores do cristianismo.
Confiando sempre no poder da oração e na confiança da providência divina usaram sua arte médica para curar os necessitados.
Não cobravam por seus serviços médicos, e por esse motivo eram chamados de “anárgiros”, ou seja, aqueles que “não são comprados por dinheiro”.
O seu objetivo principal era a conversão dos pagãos à fé cristã, o que bem faziam através da prática da medicina.
Desta forma, conseguiram plantar em terra fértil a semente cristã em muitos corações, sendo numerosas as conversões.
Cosme e Damião viveram alguns anos como médicos e missionários na Ásia Menor.
As atividades cristãs dos médicos gêmeos chamaram a atenção das autoridades locais da época, justamente quando o Imperador romano, Diocleciano, autoriza a perseguição aos cristãos, por volta do ano 300.
Por pregarem o cristianismo em detrimento dos deuses pagãos, foram presos e levados a tribunal e acusados de se entregarem à prática de feitiçarias e de usar meios diabólicos para disfarçar as curas que realizavam.
Ao serem questionados quanto as suas atividades, São Cosme e São Damião responderam:

- “Nós curamos as doenças em nome de Jesus Cristo e pelo seu poder”.

Recusando-se adorar os deuses pagãos, apesar das ameaças de serem torturados, disseram ao governador que seus deuses pagãos não tinham poder algum sobre eles, e que eles só adorariam o Deus Único, Criador do Céu e da Terra“!
Por não renunciarem aos princípios religiosos cristãos sofreram terríveis torturas; porém, elas foram inúteis contra os santos gêmeos, e, em 303, o Imperador decretou que fossem decapitados.
Cosme e Damião foram martirizados no ano de 303, na Egéia.
Seus restos mortais foram transportados para a cidade de Cira, na Síria, e depositados numa igreja a eles consagrada.
No século VI uma parte das relíquias foi levada para Roma e depositada na igreja que adotou o nome dos santos.
Outra parte dela foi guardada no altar-mor da igreja de São Miguel, em Munique, na Baviera.
Os santos gêmeos são cultuados em toda a Europa, especialmente Itália, França, Espanha e Portugal.
Em 1530, na cidade de Igaraçu, em Pernambuco, foi construída uma igreja em sua homenagem.

São Cosme e Damião são venerados como padroeiros dos médicos e farmacêuticos, e por causa da sua simplicidade e inocência também são invocados como protetores das crianças.
Como acontece com tantos outros santos, a vida dos santos gêmeos está mergulhada em lendas misturadas à história real.

Segundo algumas fontes eles eram árabes e viveram na Silícia, às margens do Mediterrâneo, por volta do ano 283.
Praticavam a medicina e curavam pessoas e animais, sem nunca cobrar nada.
O culto aos dois irmãos é muito antigo, havendo registros sobre eles desde o século V, que relatam a existência, em certas igrejas, de um óleo santo, que lhes levava o nome, que tinha o poder de curar doenças e dar filhos às mulheres estéreis.

Aqui no Brasil, a devoção trazida pelos portugueses misturou-se com o culto aos orixás-meninos (Ibjis ou Erês) da tradição africana yoruba.
São Cosme e São Damião, os santos mabaças ou gêmeos, são tão populares quanto Santo Antônio e São João.
São amplamente festejados na Bahia e no Rio de Janeiro, onde sua festa ganha a rua e adentra aos barracões de candomblé e terreiros de umbanda, no dia 27 de setembro.
No dia 27 as crianças saem às ruas para pedir doces e esmolas em nome dos santos e, as famílias aproveitam para fazer um grande almoço, servindo a comida típica da data: o chamado caruru dos meninos.

Segundo a lenda africana, os orixás-crianças são filhos de Iemanjá, a rainha das águas e de Oxalá, o pai de toda a criação.
Outras tradições atribuem a paternidade dos mabaças (gêmeos) a Xangô, tanto que a comida servida aos Ibejís ou Erês, chamados também carinhosamente de “crianças” é a mesma que é oferecida a Xangô, o senhor dos raios, o caruru.
Uma característica marcante na Umbanda e no Candomblé em relação às representações de São Cosme e São Damião é que junto aos dois santos católicos aparece uma criancinha vestida igual a eles.
Essa criança é chamada de Doúm ou Idowu, que personifica as crianças com idade de até sete (7) anos de idade, sendo ele o protetor das crianças nessa faixa de idade.
Junto com o caruru são servidas também as comidas de cada orixá, e enquanto as crianças se deliciam com a iguaria sagrada, à sua volta, os adultos cantam cânticos sagrados (oríns) aos orixás.


Ele foi doutor, ele me curou, ele me curou
Numa brincadeira que ele brincou, que ele brincou
Eram três crianças eu me lembro bem
O terreiro em festa eu me lembro bem
Vieram de um a um
Eram Cosme, Damião e Doum.

Onibeijada !!!

Saravá Umbanda !!!

Saudação: Erê.
Habitat: jardins, praças floridas, parques de diversão.
Essências: flor de maçã, camomila, miosótis.
Elemento: sentimento de alegria e paz.
Cor: azul claro e/ou rosa e branco.
Dia: domingo.
Local de Trabalho: jardins, praças floridas, parques de diversão.
Flores: palmas cor-de-rosa, monsenhor cor-de-rosa.
Guia: 134 contas, sendo 67 brancas e 67 rosas. Dispor 1 branca, 1 rosa, etc.
Firma conforme a vibração originária. Praia: azul claro; Mata: verde; Cachoeira: amarela; Poeira: azul escuro; etc.
Libação: água com açúcar, guaraná ou qualquer outro refrigerante.
Fita: azul claro, rosa, amarela, branca.
Pedras: quartzo rosa, turmalina rosa (rubelita), rodocrosita
Metal: da vibração originária.
Saúde: dores de cabeça, dores musculares e vômitos.
Objetivo: casamentos, gravidez, boas vendas
Vela: branca, azul clara e/ou rosa.
Ervas: cambará; caruru; maracujá. Amalá: manjar, doces, cocadas
Cozinha Ritualística - Nas giras festivas de Ibeijada, normalmente há farta distribuição de doces, bolos e balas à assistência.
Tradicionalmente, não devem faltar o manjar e as cocadas brancas.
Obrigação: 7 velas rosas; 1 guaraná; 1 pacote de balas de coco; 1 vidro de mel; 1 prato branco virgem; 1 copo com água mineral; 7 rosas cor-de-rosa; fósforos; pano rosa

FONTE: http://www.umbanda.amovoce.net/


Dia 12 de Outubro - Dia de N. Sra. Aparecida - Dia de Mamãe Oxum!!


OXUM (Trono Feminino do Amor)

Oxum é o Trono irradiador do Amor Divino e da Concepção da Vida em todos os sentidos.
Como “Mãe da Concepção” ela estimula a união matrimonial, e como Trono Mineral ela favorece a conquista da riqueza espiritual e a abundância material.
A Orixá Oxum é o Trono Regente do pólo magnético irradiante da linha do Amor e atua na vida dos seres estimulando em cada um os sentimentos de amor, fraternidade e união.
Seu elemento é o mineral e, junto com Oxumaré, forma toda uma linha vertical cujas vibrações, magnetismo e irradiações planetárias multidimensionais atuam sobre os seres e os estimula os sentimentos de amor e acelera a união e a concepção.
Na Coroa Divina, a Orixá Oxum e o Orixá Oxumaré surgem a partir da projeção do Trono do Amor, que é o regente do sentido do Amor.
Oxum assume os mistérios relacionados à concepção de vidas porque o seu elemento mineral atua nos seres estimulando a união e a concepção.
Todos devem saber que a água é o melhor condutor das energias minerais e cristalinas.
Por esta sua qualidade única, surgem diversos tipos de água, sendo que a água “doce” dos rios é a melhor rede de distribuição de energias minerais que temos na face da Terra.
E o mar é o melhor irradiador de energias cristalinas.
Saibam que a energia irradiada pelo mar é cristalina e a energia irradiada pelos rios é mineral.
A energia mineral está presente em todos os seres e também em todos os vegetais.
E por isto Oxum também está presente na linha do Conhecimento, pois sua energia cria a “atração” entre as células vegetais carregadas de elementos minerais.
Já em nível mental, a atuação pelo conhecimento é uma irradiação carregada de essências minerais ou de sentimento típicos de Oxum, a concepção em si mesma.
Logo, o mesmo acontece com cada Orixá Intermediário, que são mistérios dos Orixás Maiores.
Saibam também que todo jardim com muitas roseiras é irradiador de essências minerais que tornam o ambiente um catalisador natural das irradiações de amor da divindade planetária que, amorosamente, chamamos de Mamãe Oxum.
Uma muda de roseira cresce, floresce, embeleza e vivifica o santuário natural dessas nossas mães do Amor.

Texto de Rubens Saraceni

Deusa do amor, protetora das crianças, rainha das águas doces, e das cachoeiras.
Elemento e Força da natureza correspondente a Oxum é a força da cachoeira.
Dia da Semana: todos os dias de 0hs às 6:00 hs, porém seu dia de maior vibração é o Sábado.
Chacra atuante: frontal
Planeta regente: Lua - no quarto de cheia
Nota musical: lá
Cor vibratória: azul (céu)
Cor representativa: azul (céu) - (roupas, etc.)
Cor da guia (colar): azul e branco
Saudação: Ai-ê-eu (olha eu)
Negativo: Dona Maria Padilha
Amalá: moqueca de peixe e pirão (feito com a cabeça do peixe)
Otí: água mineral
Local de entregas: cachoeiras
Representação no ponto riscado: coração ou cachoeira

PRECE A OXUM

Ó, Mãe Oxum, idolatrada Mãe,
Luz divina de excelsas virtudes,
Senhora da doçura e da concórdia,
Mãe dos aflitos, regaço de bondade e para todos,
Derramai sobre nós vossa ternura e proteção,
Deixai-nos participar da vossa mansuetude.
Dai-nos forças para estancarmos a sede de sentimentos deletérios e vulgares.
Fazei-nos sentir Vosso hálito e perene devoção nas nossas mentes acanhadas
E seremos felizes por amar verdadeiramente,
Abrigando em nossos corações
a Vossa misericórdia e
a Vossa paz de infinito amor.

Aieê ieu Oxum

Oxum da Blessed

TERAPEUTA X MÉDIUM X MAGO

Copiei este texto porque compartilho de todo o conteúdo....

PS:. a minha parte "terapêutica" encontra-se no link: http://espacodluzepaz.blogspot.com



Quando você olha para este título acredita que há diferença entre eles, quando se trata do atendimento ao consulente ou cliente dentro de uma visão terapêutica?
O indivíduo que vem se consultar, que tem um problema, que quer resolvê-lo, é o mesmo em qualquer das opções.
Ele quer uma solução para a questão que o aflige.
Toda a pessoa que é procurada para ajudar alguém é um "Facilitador", seja na área física, psicológica ou espiritual.
Nem tudo que a pessoa está sentido é físico, pode ser psicológico ou espiritual.
Ou ainda, pode ser apenas emocional ou apenas espiritual.
E em alguns casos a questão está tão somatizada, que o médico é essencial junto a outros recursos.
Todo médium e mago pode ser, também, um terapeuta, como todo terapeuta pode ser um médium e mago.
A segunda opção, na maior parte das vezes é mais comum e aceita, porém, é imprescindível que a primeira se torne uma regra.
É importante para um "Facilitador" se preparar para compreender as reais necessidades do consulente de uma forma cada vez mais abrangente.
Muitos conflitos que a pessoa passa no dia-a-dia causam danos profundos nos aspectos emocionais e psicológicos.
Esses danos podem ocasionar desequilíbrios espirituais e energéticos e estes podem afetar o físico.
Temos também a situação inversa.
Uma pessoa com um comprometimento espiritual, causar danos emocionais, mentais e físicos.
Como saber qual é a causa e como interagir com esse consulente?
Vocês devem conhecer muitas histórias de casos de pessoas que fazem um determinado tratamento durante um período, e este pode ser espiritual, psicológico ou médico.
A pessoa melhora por um período e depois de um tempo o problema está todo de volta novamente, ou em alguns casos nem melhora, está sempre com a mesma queixa.
O que falta?
Peguemos um exemplo mais simples, uma massagem, ela melhora a situação naquele momento e nos próximos dias, porém os sintomas vão voltando.
É uma melhora aparente, porém não se resolve a causa.
Por quê?
É preciso que o consulente participe mais ativamente do seu tratamento, seja ele qual for.
Se a pessoa não fizer mudanças na sua vida pessoal, nas suas atitudes, ela não terá resultado definitivo em sua queixa.
É preciso responsabilidade de todas as partes para se modificar uma situação.
Assim se dá a evolução com consciência.
Tenho uma amiga que diz: "precisamos introduzir essas idéias metafísicas e quânticas com calma, dentro do meio espiritualista, por que as pessoas não compreendem e não querem saber em se empenhar na sua formação espiritual".
Tenho visto muita gente estudando na atualidade, estudando com mais profundidade as leis divinas e o espírito, querendo compreender melhor como tudo funciona, procurando atuar de uma forma mais efetiva junto às entidades.
O que quero passar a vocês, é que o conhecimento do funcionamento humano é tão importante quanto o espiritual.
Enquanto facilitadores, temos o dever de oferecer ao consulente as melhores ferramentas para que ele possa, sozinho, também caminhar, sem dependência.
O mais lindo da evolução é a consciência de si mesmo no universo e saber que está integrado a algo muito maior.
Somos um ponto de luz no universo.
Parece pouco!
Muitas almas estão apagadas.
Quanto mais luzes permanecerem acesas, e, quantas mais pudermos acender, mais glorioso se torna o divino e cada vez mais perto ficamos de um estado essencial chamado amor.
Você médium e mago é também um terapeuta, se conscientize disso e prepare-se para poder atuar de uma forma mais plena.
Isto trará benefícios aos consulentes, mas, mais que isso, pode mudar todo a sua vida.
0 término da dependência e do vitimismo é uma necessidade e um pedido da espiritualidade para que a evolução aconteça em nosso planeta.
Não se pode atender um consulente como coitado.
Precisa-se conscientizá-lo que ele é responsável por aquilo que está acontecendo em sua vida.
A cura vem na descoberta da causa que está em suas crenças e atitudes.
A integridade da vida tem suas leis e uma delas é que somos como pára-raios, segundo nosso estado, atraímos para nós, situações correspondentes, sejam elas emocionais, mentais, físicas ou espirituais.
Atuando apenas sobre essa lei, de início, podemos realizar grandes modificações na qualidade de vida de todos.
Percebendo o mundo e as energias por esse ponto de vista, a espiritualidade tem uma nova religação com o todo maior, é o encontro com a alma, com a essência da vida.

Por: Solange Belchior
Psicóloga, Metafísica, Neurolinguista.

copiado do blog: http://espadadeogum.blogs.sapo.pt

AMÉRICA MEDITA PELA PAZ



América medita.
Porque a Paz é Contagiante e harmoniza coraçoes e mente.
Participe da Maior Meditação Coletiva das Américas.Todos sabem que no próximo dia 12 de outubro, às 18h teremos um evento histórico:
Será a primeira vez em que teremos uma meditação simultânea em todo o continente americano.

Dentre as cidades que irão meditar juntas estão: Rio de Janeiro, São Paulo, Buenos Aires, New York, Montreal, Montevidéo, Cidade do México, La Paz, Santiago de Chile, Salvador, Lima, Assunção, Quito, Caracas, Bogotá, Paramaribo, Georgetown, Santo Domingo, San Juan de Puerto Rico, San José de Costa Rica e Panamá.

Existem pesquisam que comprovam que a prática de Meditações em Grupo, não só beneficiam seus praticantes, mas também toda a área em sua volta. Há estudos que comprovam que a prática de meditação coletiva pode ajudar a reduzir em até 25% a violência naquela região, sem qualquer alteração na conjuntura econômica ou política.

Por que isso? Porque toda essa vibração de paz e serenidade que criamos dentro de nós não ficam só conosco, mas são irradiadas para todo o ambiente.

Em São Paulo, a meditação será na Praça da Paz no parque do Ibirapuera e no Rio de Janeirto será realizada na Pedra do Arpoador. Em Salvador foram realizados vários atos públicos, iniciando dia 03.10.2009.

Quanto mais pessoas participarem mais forte será e maiores os benefícios, tanto para nós quanto para a toda a cidade, todo o país e todo o continente!
Por isso MESMO divulgue, chamando seus amigos, encaminhando esse e-mail para toda sua lista de e-mails, colando cartazes pela cidade

Vamos todos contagiar e ser contagiados por essa atmosfera de Paz!

Existe uma energia Divina no ar, irradiando ma profunda "paixão pelos homens" que se traduz em "paixão em Cristo".

O que nos mantem é essa fé neste esplêndido amor de Deus!"

Se preferir, você poderá meditar, e participar da energia coletiva, sem sair de casa, ou juntar um grupo de amigos e promover um ATO DE PAZ.

Copíe esta mensagem e remeta para todos seus amigos.

Postado por Norma Villares em http://semfronteirasparaosagrado.blogspot.com

Mais um premio , obrigada amigos!!!

Prêmio Dardos, oferecido pelo blog Coisinhas da Escriba e pelo Arcanum, que trouxe muita alegria ao meu coração.
Obrigada Sara e Paulo pelo carinho!!!



As regras são:

1. Você terá que aceitar o award e colocar em seu Blog, juntamente com o nome da pessoa que lhe deu o prêmio e o link do seu Blog;
2. Você terá que oferecer o prêmio para 15 blogs que são merecedores deste prêmio. E não se esqueça de avisá-los sobre a indicação.

E vou repassá-lo para esses blogs interessantes que sigo:

Radiestesia e Radionica

Bruxaria Agora por Rafael Lima

Cantinho da Bruxa

Clã Filhas da Lua

A casa do Mago

Bruxa

Witch Clubhouse

Tarot Soluções para Vencedores


Dicas da Nutricionista

Magia se faz na cozinha!

Fusão Cósmica

Druida dos Ventos

Magias da Morgana e Neli Cigana


A Alta Sacerdotisa

Bruxaria Pagã

Dia 26 de setembro - Theseia

O Festival Grego de Theseia, tinha como fim celebrar o heroi Teseu.
Havia uma procissão, sacrifícios, jogos atléticos (times com corridas de tochas e eventos de pista e campestres), e uma festa na qual carne era distribuída para as pessoas (celebrando Teseu como benfeitor popular e herói democrático).
A festa incluia Athare (ou Athera), uma refeição de trigo descascado cozido em água e leite.

copiado do site: http://helenismo.forumeiros.com

Teseu era um herói grego filho de Egeu, rei de Atenas e de Etra, filha do rei de Trezena. Egeu ao deixar Etra ainda grávida por ter de retornar à Atenas, colocou embaixo de uma grande pedra sua espada e suas sandálias e determinou que quando Teseu atingisse a maioridade, rolasse a pedra para tirar os objetos de lá e então seguir ao encontro dele em Atenas, assim Etra o fez.

Após remover a pedra com facilidade e apanhar os objetos, Teseu corajoso e querendo conquistar fama decidiu ir até seu pai pelo caminho de terra firme que era mais perigoso e cheio de salteadores.

No primeiro dia de viagem chegou a Epidauro e se deparou com Perifetes, filho de Vulcano. Teseu o derrotou e se apoderou de seu bastão de ferro. Mais tarde, se deparou com Procrusto, monstro que amarrava suas vítimas em sua cama de ferro, se a vítima fosse menor que a cama ele a esticava até que desse para amarrar e se fosse maior ele cortava algumas partes até que se encaixasse. Teseu o enfrentou e o derrotou, colocando-o sobre a cama da mesma forma que ele fazia. E até chegar em Atenas, derrotou vários outros tiranos e salteadores.

Medeia, feiticeira e esposa de Egeu, viu através das suas magias quem era Teseu e influenciou Egeu a invenená-lo, mas quando viu Teseu reconheceu sua espada e o aceitou como filho e herdeiro. Medeia fugiu,temendo um grande castigo.

Naquela época, a cidade de Atenas estava sendo obrigada a pagar tributos ao rei de Creta, Minos. Tais tributos eram pagos com 7 rapazes e 7 donzelas para que alimentassem o Minotauro, o monstro com corpo de homem e cabeça de touro. A criatura vivia num labirinto onde ninguém conseguia sair sem ajuda. Diante do fato, Teseu se ofereceu como uma das vítimas para poder derrotar o Minotauro. Quando chegaram a Creta, Teseu conheceu Ariadne, filha do rei e esta o presenteou com uma espada e um novelo de linha para derrotar o monstro e conseguir fugir do labirinto.

Teseu matou o Minotauro, fugiu do labirinto e salvou seus companheiros.

copiado do site: www.brasilescola.com

dia 25 de setembro - Festival de Sedna

Deusa dos mares – tribos Esquimós, Sibéria, Ártico

Sedna, com seus cabelos da algas, é considerada a Deusa do mar e das baleias.
Era uma bela mulher que vivia em companhia de seu pai, enfrentando muitas dificuldades.
Sua vida não era realmente nada boa, pois a caça e a pesca, estavam escassas e além disso, encontrava-se muito insatisfeita com os muitos admiradores que a cortejavam.
Enfeitiçada por uma gaivota que lhe prometeu muito alimento e servas, ela foi viver com o povo dos pássaros.
Em vez do prometido, Sedna foi forçada a viver no meio de muita sujeira e miséria.
Quando seu pai veio visitá-la, lamentou-se e pediu que ele a levasse de volta através das águas. O povo dos pássaros perseguiu os dois e, para salvar a vida da filha, o pai de Sedna derrubou-a no mar.
Ela apavorou-se e tentou subir novamente ao barco, foi quando então seu pai cortou-lhe os dedos, que imediatamente se transformaram em peixes e mamíferos marinhos.
Sedna submergiu e alcançou o Adlivum, o submundo esquimó, onde agora governa os mortos.
É no Adlivum que as almas se purificam para depois seguirem sua jornada à terra da lua (Quidlivun), onde encontrarão descanso e paz eterna.
Para assegurar-se da garantia de boas caçadas e fartas pescarias, os xamãs-esquimós descem para visitá-la, pintando-se e mutilando as mãos.
Entretanto, esta viagem é arriscada, com muitos pedregulhos e espíritos maus pelo caminho. Chegando até o castelo de Sedna, o xamã tem a obrigação de pentear seus cabelos e deixá-los limpos para que ela liberte as criaturas do mar para os seres humanos.

Na Groenlândia é chamada de Arnakuagsak e no Alasca de Nerrivik.
Esta Deusa é a protetora dos mares profundos, senhora da vida e da morte, nutridora e guardiã de seu povo, desde que ele respeite as suas leis.
Acredita-se que ela tenha o supremo controle dos destinos da humanidade, e quase todos os ritos observados pelas tribos esquimós, têm por objetivo apaziguar-lhe a ira.
Sua morada é no mundo inferior, onde vive em uma casa construída de pedra e costelas de baleia.

No dia de comemoração à Deusa Sedna, jovens com rostos pintados iam de casa em casa recolhendo comida e peles.
No final do dia, as provisões eram distribuídas para aqueles que não tinham o necessário para sobreviver durante o inverno.
Para o olhar que receia, tudo é ameaçador, mas Sedna chega até nós para nos lembrar que em lugares profundos e esquecidos podem ser encontrados preciosos tesouros.

A Deusa Sedna está dando também seu nome ao décimo planeta recém descoberto em nosso sistema solar.
Seus símbolos: a água, o olho e os peixes.
Dentre todos os povos "primitivos" que sobreviveram na terra, os inut são os que mais fascinação continuam provocando por sua extraordinária maneira com que enfrentam as duríssimas condições de vida e também por sua peculiar cultura.

DANCE SUA VÍTIMA

Reserve um horário e um lugar em que não seja interrompida.
Coloque uma música e a acompanhe com um tambor ou chocalho.
Escolha um lugar bem espaçoso onde possa ter bastante liberdade para se movimentar.
Visualize a deusa Sedna e peça para que ela se faça presente.
Respire fundo e relaxe.
Quando estiver pronta, ligue a música e toque o tambor ou chocalho.
Comece dizendo em voz alta:
"Eu sou uma vítima!"
E continue afirmando isso várias vezes.
Deixe que o canto a leve para onde você precisa ir.
Grite, lamente e fale tudo que lhe vier na cabeça.
Deixe vir à tona o que for necessário vir.
Deixe que seu corpo expresse através da dança todos os seus sentimentos.
Bata os pés com força no chão para extravasar toda a sua raiva.
Não hesite em colocar para fora tudo o que está sentindo e continue dançando até se sentir liberta destes sentimentos.
Agora entoe as palavras:
"Eu sou forte!"
e acompanhe a música com movimentos até sentir-se totalmente poderosa, forte e segura. Respire fundo e solte o ar lentamente.
Agradeça a Sedna pela sua companhia e ajuda.
Seja bem vinda, agora você é uma mulher de poder!

Texto pesquisado e desenvolvido por ROSANE VOLPATTO

retirado do site:www.rosanevolpatto.trd.br/sedna